BLUES TO THE LORD - CHURCH
...............................................
Voltando para casa ...
Estudos Bíblicos EvangélicosHome

Tamanho da letra:  Diminuir [-]  Aumentar [+]            Imprimir somente o texto   

Gênesis

A Separação dos Reinos

Introdução.
Simples, objetiva e sem sombras de variação, assim é a Palavra de Deus.
As muitas vozes na terra trazem confusão ou sabe-se lá quantas interpretações possíveis.
A Palavra não admite particular interpretação e, somente assim, o Caminho de Deus será Perfeito.
Desde a criação, da primeira letra escrita pelos homens inspirados por Deus, tudo tem seu propósito, Deus não é Deus que escreve por escrever, Deus não acha interessante e faz simplesmente constar. Não! Tudo o que está escrito tem propósito.

Não é certo usar as expressões: na minha opinião; eu acho; eu entendo; do meu ponto de vista; o meu ministério diz; a doutrina da minha igreja; eu defendo a doutrina tal e o outro a outra tal…enfim, ninguém é dono de uma verdade pessoal, porque a Palavra de Deus não permite "novos inspiradores", A Palavra já tem seu Mestre e Senhor.

Se nas coisas que estão em evidência há severas divergências contra a Palavra, que diremos então das que necessitam discernimento espiritual?
A Palavra, por si mesma, FALA.

Quando uma chave abre novidades, muito do que já é sabido necessita ser reconsiderado.

Iniciando o Estudo Bíblico - Separação dos Reinos.

A expressão SEPARAÇÃO está plenamente ligada ao que foi conversado no Estudo 01. Haja Luz.

Deus determinou a separação para os dois únicos reinos existentes: o Reino da Luz, do Dia, dos Céus, Reino de Deus, de cima, separado do Reino das Trevas, Reino de Satanás, da Terra, da Noite, deste mundo, de baixo.

Estamos na Terra e, aqui é o reino das trevas espirituais.
O sol é o luminar da luz física. Espiritualmente, desde a criação, a parte de baixo permaneceu nas trevas mesmo após o Haja Luz do primeiro dia.
Essas trevas em que permaneceu a terra é física e também espiritual.

A parte de cima Luz espiritual que resplandece. Jesus diz: "Eu sou a luz do mundo".

O que realmente é vivo, é pelo poder da glória de Deus que resplandece nas trevas. No monte, quando ocorreu a transfiguração de Jesus enquanto orava, diz a Bíblia que o seu rosto e o seu vestido ficaram resplandecentes.

As trevas físicas da parte de baixo, onde estamos representam a figura espiritual deste mundo. Trevas é morte. Local de escuridão. Prisão.

Conforme a Palavra, o reino deste mundo tem dia e noite, onde, o sol governa o dia e a lua governa a noite. Eles, os luminares, foram criados para fazerem separação entre o dia e a noite neste mundo e, ao mesmo tempo, darem entendimento figurado de coisas espirituais, por exemplo: A lua para governar a noite neste mundo depende da luz do sol. A lua não possui luz própria. (1Co 15:41 diz - Uma é a glória do sol, e outra, a glória da lua, e outra, a glória das estrelas; porque uma estrela difere em glória de outra estrela).

Da mesma forma, a Igreja de Jesus Cristo depende da Luz do Senhor para governar e ser luz neste mundo. A Igreja não possui luz própria ou autonomia, pois foi gerada na Redenção, e é sustentada pelo Seu poder, pelo poder de Deus. Aleluia!

O Senhor disse que, enquanto Ele estivesse no mundo, Ele era a Luz do mundo e, Ele continua no mundo através dos filhos de Deus que é a Sua Igreja, Seu Corpo, que anda na Sua luz. A Igreja é o Corpo de Cristo. Ele é a cabeça do Corpo que é a Igreja.

· Meditando: Se neste mundo ainda houver um único filho de Deus no meio de bilhões de pessoas, podendo ainda estar em uma cela de prisão por ter cometido algum crime e sendo penalizado justamente pela lei deste mundo ou preso por ser crente, estando em Cristo ele é livre e os bilhões que estão de fora sem Cristo são os verdadeiros prisioneiros. E, se nesse tempo, chegar o momento do Senhor levar sua Igreja, essa pessoa vai para o Céu mesmo cumprindo a pena deste mundo e, os bilhões vão para a morte e tormento eternos. Aquele encarcerado no meio de bilhões continua sendo a luz no mundo porque crê em Deus e, Jesus Cristo, é o seu Senhor e Salvador da sua alma, tendo nele o penhor do seu resgate deste mundo, a vida de Deus nele, o Espírito Santo nele.

Treva espiritual é morte. É o Reino deste mundo.

O Reino dos Céus não possui noite e, a glória do Cordeiro ilumina os Céus - Apocalipse 21:23 "E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem alumiado, e o Cordeiro é a sua lâmpada".

O Cordeiro é a lâmpada. Ele é a fonte, o instrumento (figura: lâmpada) do qual emana a Glória de Deus e o seu Pleno e Maravilhoso Poder.

Assim, desde o princípio ocorreu a SEPARAÇÃO DOS REINOS. Reino dos Céus e Reino da Terra. Um é Reino Celestial e o outro, é Reino Terreno. Um é o Reino da Luz e o outro o Reino das Trevas. Um é o Dia e o outro a Noite. O dos Céus tem glória incorruptível e o da Terra não possui glória e já é de natureza corruptível.

· Meditando: Eternidade significa que não tem começo e não tem fim. A criação tem um começo e terá um fim. A expressão de eternidade em eternidade em algumas passagens:

Salmos 90:2, diz:
" Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade, tu és Deus."

Salmos 103:17, diz:
" Mas a misericórdia do SENHOR é de eternidade a eternidade sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos;"

Salmos 106:48, diz:
" Bendito seja o SENHOR, Deus de Israel, de eternidade em eternidade, e todo o povo diga: Amém! Louvai ao SENHOR!"

A eternidade prosseguia seu curso até que, um dia, o tempo começou ser contado. O dia do começo da criação. O dia do início da criação.
Reinos foram estabelecidos pelo poder de Deus. Maravilhosamente perfeito foi criado. Com um fim subentendido na própria Palavra.

Destaque 1:
Neste mundo você toma a decisão final.
Neste mundo você escolhe onde deseja ser eterno, na glória ou no inferno.
Aqui é lugar de decisão.
Aqui, neste mundo de trevas e dores você decide onde vai passar a eternidade.
Houve um propósito de justiça de Deus.
Deus jamais foi injusto por nascermos aqui ...
Jesus veio buscar as ovelhas perdidas da Casa de Israel.
Quando buscamos o que está perdido é que, antes estava em local certo.

Pense em uma linha que tem início na eternidade indeterminável e, essa linha é truncada por um local de existência por tempo certo que só o Pai sabe e, após resolver o assunto-decisão para o qual foi assim criado, volta-se à eternidade sem mais necessitar decidir mais nada.

« ----------eternidade----| criação de local e tempo, determinados para uma decisão eterna |----eternidade---------- »

Este espaço truncado é o local e o tempo determinados.
Local para que você decida uma única vez. Nascer » Decidir » pela Vida ou pela Morte.
O local da última decisão onde deseja ser eterno, onde deseja passar sua eternidade é aqui. Nas moradas do Altíssimo ou no inferno, no tormento eterno com satanás e seu reino.

· Meditando: Se hoje, desejo a minha verdadeira pátria que é o Céu, aqui é a falsa pátria desde que nasci. Mais ainda, é falsa pátria desde que o mundo foi criado.

Por que fui criado do pó da terra? Por que fui criado do pó deste mundo?

Por que fui criado com um corpo de corrupção que não pode ter acesso aos Céus senão depois da reconciliação com Deus através de Jesus Cristo?

Carne e sangue não herdam o Reino dos Céus (1 Coríntios 15:50 E, agora, digo isto, irmãos: que carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção). Importante lembrar: Deus jamais cometeu injustiça!

São mundos separados. São reinos separados. São naturezas distintas. Um só é o criador e Senhor.

Quando conversamos sobre o assunto Haja Luz, ficou patente que, desde o princípio da criação Deus estabeleceu separações.

Todas as separações determinadas por Deus implicam extremos que se opõem, naturezas diferentes na essência. Glórias diferentes.

Lendo um dicionário, a expressão separar / separação implica: um ato ou efeito de separar (-se); partição, divisão, desunião; ou aquilo que separa, ou seja, muro, parede, cerca etc.

Também emprega o termo ruptura. Há incompatibilidade; não há vida em comum; distanciamento; afastamento; isolamento; união obstaculada.
Lendo essas palavras acima parece que elas gritam : ACORDA!!!

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Enfim ... eis algumas variantes da expressão separação que muito podem acrescentar ao entendimento do assunto.

Por isso, lembrando, é errado e sobretudo, muito perigoso usar: na minha opinião; eu acho; eu entendo; do meu ponto de vista; o meu ministério diz; o meu parecer; a doutrina da minha igreja; eu defendo a doutrina tal e o outro a outra tal…enfim, ninguém é dono de uma verdade pessoal, porque a Palavra de Deus não permite “novos inspiradores”, A Palavra já tem seu mestre e Senhor.

Pergunta: Você já investigou tudo ou parte do que aprendeu lendo, vendo, ouvindo e sentindo até agora na sua vida cristã?
A Palavra de Deus diz para fazermos isso.

São muitas as passagens bíblicas para dar entendimento ao assunto que estamos considerando: separação.
Oportunamente, ande na Bíblia e encontrará muito para confirmar sobre o assunto.

Acrescentarei aqui algumas passagens, antecipando a abrangência da compreensão, impossibilitando as inconvenientes divagações filosóficas e teológicas.

Vejamos algumas passagens:
João 3:31, diz:
" Aquele que vem de cima é sobre todos, aquele que vem da terra é da terra e fala da terra. Aquele que vem do céu é sobre todos."
Considerando: Aqui temos a expressão vir, um vem de cima o outro vem da terra, deste mundo. Natural de algum lugar; naturezas distintas. Por isso, mesmo que seja um impressionante discurso eloqüente, usando a Palavra de Deus, mas de modo dissimulado, enganando, corrompendo, desviando-se da verdade, basta uma Palavra simples e breve, uma expressão ou frase, pelo Espírito Santo, que é sobre todos, para derrubar essas horas de palestras.

João 8:23, diz:
" E dizia-lhes: Vós sois de baixo, eu sou de cima; vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo."
Considerando: Reportando ainda ao assunto Haja Luz, lembramos ali dos dois reinos: Reino dos Céus e Reino das Trevas, Reino de cima e reino de baixo, o Dia e a Noite, Luz e Trevas. Deus determinou separações porque não pode haver comunhão entre as coisas consideradas. As separações implicam mundos de naturezas que não possuem comunhão entre si.
As separações implicam reinos que não podem ser fundidos em um só. São interesses antagônicos.

Gálatas 5:17, diz:
" Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne; e estes opõem-se um ao outro; para que não façais o que quereis."

Gálatas 4:26, diz:
" Mas a Jerusalém que é de cima é livre, a qual é mãe de todos nós;"
Considerando: E a Jerusalém de baixo? Gálatas 4:25 Ora, esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos. E tem ainda aqueles que insistem em ir ao Monte Sinai, dar nomes para eventos, e outras coisas na Igreja de Monte Sinai. Sinai é a lei, conforme a Lei de Moisés e, o versículo explica que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos.
Por isso diz essa entre outras passagens, é escrava porque vive pela Lei e não pela Graça através de Jesus Cristo.
A Jerusalém daqui é escrava com seus filhos. Os renascidos em Cristo são filhos livres.

Destaque 2:
Vai-se tão longe e Deus está tão perto. Maioria, chamados de evangélicos, criticam outras crenças por fazerem coisas que trazem jugos como pagar promessa andando tantos quilômetros de joelhos, ou subir de joelhos uma escadaria, mas, faz-se as mesmas coisas de outra forma, com gastos desnecessários, sacrifícios de quem desentendeu a simplicidade da fé.

Uma fé tão longe, tão pesada, tão hipócrita, uma fé de um Deus que precisa de lugares específicos para ser ouvido.
Será que lá no alto do Monte Sinai a distância do Céu é menor? Isso é de entristecer diante da verdade que está na Palavra. Que jugo!!! Que mentira!!!

Alerta: Faz-se as mesmas coisas que criticam, mas de modo diferente, e, muitas vezes pior, confundindo a simplicidade da fé e o poder que há na graça de Jesus Cristo.
Os filhos de Deus são chamados para serem livres de jugo de perdição. Doutrinas de homens e de demônios que destroem e corrompem a graça de Deus em Jesus Cristo.
Isso é muito sério! Quem realmente ama e teme a Palavra sabe a extensão disso.

É oportuno reler Hebreus 10: 29, que diz:
" De quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue do testamento, com que foi santificado, e fizer agravo ao Espírito da graça?"
Considerando: É tão simples pisar no Filho de Deus. Muitas são as formas de pisá-lo. Muitas também as formas de profanar o sangue do testamento. O Filho de Deus e sua graça podem ser negados através dos ensinos de sacrifícios inúteis (conversaremos sobre isso em assunto específico), que Deus não pediu ou nem mandou fazer. Sutilezas que, segundo a Bíblia, são ensinamentos malígnos para destruição da simplicidade da fé em Jesus Cristo. Um só sacrifício já foi feito, Jesus Cristo. Ame ao Senhor e ande com Ele. A Sua graça basta. O Seu jugo é suave e o Seu fardo é leve. Se você é filho de Deus e não escravo segundo doutrinas da Lei, doutrinas de homens e doutrinas de demônios, você consegue falar com Deus em qualquer lugar onde estiver neste planeta. Ele está dentro de você. Mora em você pelo Seu Espírito Santo e se ainda não é crente, fale com Ele onde você estiver, mesmo não sendo crente, Ele ouvirá e responderá. Do modo errado, vá até outro planeta e Ele não ouvirá.

Ainda, as passagens abaixo no tocante ao assunto separação: Colossenses 3:1, diz:
" Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus."

Colossenses 3:2, diz:
" Pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra."

Tiago 3:15, diz:
" Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica."
Considerando: Aqui, o Apóstolo Tiago está falando do sentimento de inveja e espírito faccioso. São da natureza terrena e, os termos que ele emprega são fortes: animal e diabólica. Sabemos que pessoas buscam subir por causa da inveja, daquilo que viu o outro fazendo e quer fazer também. É movido pela inveja. Busca adquirir e ter coisas não porque precise mas, sim, despertado pela inveja no coração e, com certeza, sofre. O engano nesta vida é esse: Os outros vivem determinadas situações e surge o desejo de também viver aquilo. Tudo o que move o desejar algo nesta vida, pode investigar o coração, o desejo de também ter, ser...

1 Coríntios 15:48, diz:
" Qual o terreno, tais são também os terrenos; e, qual o celestial, tais também os celestiais."
Considerando: A Palavra diz para sermos imitadores de Cristo."

João 8:28, diz:
" Disse-lhes, pois, Jesus: Quando levantardes o Filho do Homem, então, conhecereis quem eu sou e que nada faço por mim mesmo; mas falo como o Pai me ensinou."

João 8:29, diz:
" E aquele que me enviou está comigo; o Pai não me tem deixado só, porque eu faço sempre o que lhe agrada."

João 14:31, diz:
" Mas é para que o mundo saiba que eu amo o Pai e que faço como o Pai me mandou. Levantai-vos, vamo-nos daqui."

João 12:49, diz:
" Porque eu não tenho falado de mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, ele me deu mandamento sobre o que hei de dizer e sobre o que hei de falar."

1 Coríntios 4:16, diz:
" Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores."

1 Coríntios 11:1, diz:
" Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo."

Efésios 5:1, diz:
" Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados;"

Filipenses 3:17, diz:
" Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam."

1 Tessalonicenses 1:6, diz:
" E vós fostes feitos nossos imitadores e do Senhor, recebendo a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo."

1 Tessalonicenses 2:14, diz:
" Porque vós, irmãos, haveis sido feitos imitadores das igrejas de Deus que, na Judéia, estão em Jesus Cristo; porquanto também padecestes de vossos próprios concidadãos o mesmo que os judeus lhes fizeram a eles."

Hebreus 6:12, diz:
" Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que, pela fé e paciência, herdam as promessas."

Glórias a Deus!!!

1 Coríntios 15:49, diz:
" E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial."

2 Timóteo 4:18, diz:
" E o Senhor me livrará de toda má obra e guardar-me-á para o seu Reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém!"

Hebreus 11:16, diz:
" Mas, agora, desejam uma melhor, isto é, a celestial. Pelo que também Deus não se envergonha deles, de se chamar seu Deus, porque já lhes preparou uma cidade."
Considerando: Aqui há considerações por causa de alguns ensinos: Se, desejo hoje a pátria celestial e ter um corpo glorioso e incorruptível, como os anjos de Deus, nas moradas do Altíssimo, que é incomparável, que interesse teria, ainda, com este mundo ou com esta terra? Querer algo dela nos tempos futuros, sabendo que é terra de dores, aflições e corrupção e já está condenada para ser destruída?

Destaque 3:
A primeira separação: física.
A segunda separação: espiritual.

...

Sergio Luiz Brandão

· Estudos Bíblicos Evangélicos - Apresentação
· Estudos Bíblicos Evangélicos - Índice
· Livros Online - Estudos Bíblicos Evangélicos
· Mensagens Bíblicas Evangélicas - Relevantes
· Mensagens Bíblicas Evangélicas - Áudio
· Falsas Doutrinas Evangélicas
· Perguntas e Respostas Bíblicas Evangélicas
· Cânticos Livres
· Cânticos Livres - Download MP3
· Deus Pai tem uma Lágrima
· História "BLUES TO THE LORD - CHURCH"
· Jornada pela Liberdade - Igreja nos Lares
· Eu Não Sou Mais Presbítero
· Formulário - Contato
· Receber Informativos
· Formulário - Indicar Site
· Cancelar Recebimento de Informativo
· Política de Privacidade
BLUES TO THE LORD - CHURCH - Brasil - São Paulo - Site Evangélico - 2004 ...
www.blues.lord.nom.br