BLUES TO THE LORD - CHURCH
...............................................
... Respostas
Perguntas e Respostas Bíblicas EvangélicasHome[x]

Tamanho da letra:  Diminuir [-]  Aumentar [+]            Imprimir somente o texto   

Pergunta e Resposta Bíblica Evangélica 026:

Na Bíblia Sagrada, livro de Gênesis, há um conflito entre o capítulo 1 e o capítulo 2, na ordem de Deus criar e formar tudo?

Resposta:

Sim, aparentemente parece que, o que foi feito antes, aconteceu "depois", não é? Quando, no início da caminhada, lendo a Bíblia, em certos textos também tinha essa impressão.

Aos poucos fui compreendendo que, há textos, por exemplo, o capítulo 1 do Livro de Gênesis, que faz uma exposição, citando a formação do homem e da mulher, mas, não cita a formação do jardim no / do Éden.

Gênesis, capítulo 1, diz:
" 11. E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente esteja nela sobre a face da terra. E assim foi."
12. E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie. E viu Deus que era bom.
13. E foi a tarde e a manhã o dia terceiro."

Mais adiante, versículo 29, diz:
" E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dá semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto de árvore que dá semente, ser-vos-á para mantimento. "

No capítulo 2, diz:
" 1. Assim, os céus, e a terra e todo o seu exército foram acabados.
2. E havendo Deus acabado no dia sétimo a sua obra, que tinha feito, descansou so sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito.
3. E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou, porque nele descansou de toda a sua obra, que Deus criara e fizera.
4. Estas são as origens dos céus e da terra, quando foram criados, no dia em que o Senhor Deus fez a terra e os céus. "

Até aqui, há um entendimento preliminar de que tudo já estava pronto, acabado. Que Deus encerrou o que deveria ser criado ou formado. Mas, não entra em detalhes da progressão dentro de cada evento. Não há detalhamento dos eventos como eles são desenvolvidos no fator "tempo".

No mesmo capítulo 2, versículo 5, diz:
" E toda a planta do campo que ainda não estava na terra, e toda a erva do campo que ainda não brotava; porque ainda o Senhor Deus não havia feito chover sobre a terra, e não havia homem para lavrar a terra. "

Os eventos narrados no Capítulo 2, fazem a recomposição ou reconstituição dentro do "tempo" do capítulo 1.

Compreendeu?

O capítulo 1 do Livro de Gênesis traz uma exposição genérica, ou seja, sem entrar com explicação pormenorizada ou minuciosa dos detalhes específicos dentro do "tempo" em que determinado acontecimento foi firmado ou estabelecido.

Quando você compara Gênesis 1:11 e 12, com Gênesis 2:5, entende que esse versículo 5 entra no detalhe do "tempo" e progressão dos eventos do capítulo 1.

Ainda, o capítulo 2, versículo 5 diz que as plantas e ervas do campo não brotaram porque não havia o homem para lavrar a terra. No capítulo 1, versículo 13, diz que essas plantas e ervas do versículo 5 acima, foram criados no terceiro dia.

Mas, voltando para o versículo 12 do capítulo 1, que diz: " E a terra produziu erva ..."

Então temos um "aparente" conflito:
A terra não poderia ter produzido (capítulo 1, versículo 12) enquando Deus não fizesse chover e formasse o homem, ( capítulo 2, versículo 5 ).

Mas, atentando para o pormenor do tempo no capítulo 2, versículo 5, diz ele: " E toda a planta do campo que AINDA não estava na terra, e toda a erva do campo que AINDA não brotava; porque AINDA, o Senhor deus não tinha feito chover sobre a terra, e não havia homem para lavrar a terra."

No capítulo 1, versículos 11 e 12, certas ervas e árvores ou plantas haviam se manifestado no campo, entretanto, CERTAS ÁRVORES E PLANTAS só seriam manifestadas com a chuva e a presença do homem para lavrar ou cuidar.

O versículo 7 do capítulo 2 diz que Deus formou o homem do pó da terra e, em seguida, no versículo 8, o Senhor Deus planta um Jardim no Eden. Destaco essa expressão "no / do" porque aqui há uma revelação:

O Éden (hebraico = Deleite). Jardim do Éden = Jardim de delícias.

Vamos ao Novo Testamento:
Evangelho de Lucas 23:43, diz: " E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso."

2 Coríntios 12:4, diz: " Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, de que ao homem não é lícito falar."

Apocalipse 2:7, diz: " Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus. "

O paraíso é a dimensão do lugar em amplitude, total, enquanto que o jardim é um espaço dentro do espaço maior.

Quando o Senhor Deus plantou um jardim, Ele plantou um jardim dentro de uma espaço maior, ou seja, no Éden que é a própria Terra em sua plenitude.

O reino dos céus - Céu é o paraíso de Deus e, o reino das trevas - Terra, é o paraíso dos homens. ( Estudo Bíblico: Haja Luz! - O reino dos céus e o reino das trevas. )

AGORA, entrando no versículo 8, do capítulo 2, diz que plantou o Senhor Deus um jardim no Éden, da banda do Oriente; e pôs ali o homem que tinha formado.

Versículo 9, diz: " E o Senhor Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida: e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore da ciência do bem e do mal."

Essas são as árvores que AINDA não estavam na terra, conforme o capítulo 2, versículo 5 acima.

Capítulo 2, versículo 10 : " E saía um rio do Éden para regar o jardim ... "
Esse rio nascia "fora do jardim", e entrava no jardim para regá-lo.
Por isso diz o texto bíblico que o rio "saía do Éden" (local maior), para regar o jardim (local menor).
Se, jardim e Éden forem o mesmo local em amplitude, a frase perde o sentido.

Capítulo 2, versículos 15, 16 e 17 diz:
" E tomou o Senhor Deus o homem e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.
E ordenou o Senhor ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,
Mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás."

Até esse tempo ainda não havia sido formada a mulher.

Mas e o capítulo 1, versículo 27 ? Ali cita a mulher. Entretanto, lembrando do que foi escrito acima:

Os eventos narrados no Capítulo 2, fazem a recomposição ou reconstituição dentro do "tempo" do capítulo 1.

Capítulo 2, versículos 18, 19 e 20, Senhor Deus menciona que fará uma adjutora para estar com o homem e, enquanto isso, o homem, dá nome aos animais que já haviam sido criados pelo Senhor Deus no capítulo 1, versículos 20, 21, 22, 24 e 25.

Dentro dos versículo 26, 27 e 28, ainda no capítulo 1, ocorrem eventos dentro de tempos, conforme adiante é narrado no Capítulo 2.

Então, no capítulo 2, versículo 21, inicia a formação da mulher.

No capítulo 3, versículos 23 e 24, após o pecado, Deus lançou o homem fora do jardim do Éden para lavrar a terra de que fora tomado.
" O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado.
E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida. "

O homem voltou à terra, ao paraíso, mas não poderia gozar do jardim que dentro do Éden foi plantado para que o homem tivesse regozijo e benção de Deus. Foi lançado fora e com maldição sobre a terra.

Finalizando: Conforme os mistérios das verdades espirituais eternas, não haveria, neste planeta Terra, a existência do que se lê no capítulo 3, versículo 24 do Livro de Gênesis:
" E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida."

DETALHE: O JARDIM NÃO FOI AMALDIÇOADO. Deus ordenou que o seu local fosse protegido e guardado.

Apocalipse 2:7, diz:
" Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas. Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus. "

Apocalipse 22:2, diz:
" No meio da sua praça, e de uma e da outra banda do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações. "

Apocalipse 22:14, diz:
" Bem-aventurados aqueles que lavam suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas. "

Resposta: Sergio Luiz Brandão

· Estudos Bíblicos Evangélicos - Apresentação
· Estudos Bíblicos Evangélicos - Índice
· Livros Online - Estudos Bíblicos Evangélicos
· Mensagens Bíblicas Evangélicas - Relevantes
· Mensagens Bíblicas Evangélicas - Áudio
· Falsas Doutrinas Evangélicas
· Perguntas e Respostas Bíblicas Evangélicas
· Cânticos Livres
· Cânticos Livres - Download MP3
· Deus Pai tem uma Lágrima
· História "BLUES TO THE LORD - CHURCH"
· Jornada pela Liberdade - Igreja nos Lares
· Eu Não Sou Mais Presbítero
· Formulário - Contato
· Receber Informativos
· Formulário - Indicar Site
· Cancelar Recebimento de Informativo
· Política de Privacidade
BLUES TO THE LORD - CHURCH - Brasil - São Paulo - Site Evangélico - 2004 ...
www.blues.lord.nom.br