BLUES TO THE LORD - CHURCH
...............................................
... Respostas
Perguntas e Respostas Bíblicas EvangélicasHome[x]

Tamanho da letra:  Diminuir [-]  Aumentar [+]            Imprimir somente o texto   

Pergunta e Resposta Bíblica Evangélica 005:

O Papa pode ser considerado o líder da Igreja de Jesus Cristo na terra?

Resposta:

Li algumas considerações daqueles que afirmam que o Papa é o sucessor de Pedro como líder único da Igreja de Jesus Cristo na terra. Li, também, considerações dos que confessam a fé evangélica, confrontando os que fazem tal afirmação. Confesso que é um abismo de afirmações teológicas e cada qual conduzindo pesadamente para tentar levar ao convencimento conforme o lado que crê.

Só farei essas considerações aqui porque a igreja católica apostólica romana se diz seguidora da Bíblia Sagrada, MAS, o catolicismo não é de Deus e nem de Jesus Cristo.

O catolicismo é doutrina de demônio, conforme a Bíblia que dizem seguir mas negam. Negam Deus Pai e Jesus Cristo. Dão honra às imagens de escultura que são "deuses", que chamam santos e, na verdade, adoram demônios.

Usam a Palavra de Deus, MAS, jamais seguiram e serviram Jesus Cristo. Repito, catolicismo é doutrina de demônio.

Quem afirma isso é a Palavra de Deus.

Por tradição fui católico e algumas vezes fui em missas. Mas, Deus me chamou para conhecer a verdade e eu segui. Hoje, quando passo defronte uma construção católica, sinto o cheiro do maligno, um cheiro de morte que antes eu não sentia, pois era escravo.

Tenho sido alertado pelo Espírito de Deus sobre um detalhe muito sério: Há passagens na Palavra de Deus que foram "MANIPULADAS", para atender interesses de heresias religiosas, destacadamente a igreja católica apostólica romana.

Não alongarei a interpretação pelas Sombras das Coisas Futuras do Velho Testamento, mas apresento a base desse entendimento: No Tabernáculo e Templo, o sumo sacerdote era o tipo (figura) de Cristo, que é o nosso único Sumo Pastor e Sumo Sacerdote. No Novo Testamento, o sumo sacerdote terreno foi encerrado, pois o Verdadeiro Sumo Sacerdote foi revelado. Sendo Jesus Cristo ÚNICO Sumo Sacerdote e Sumo Pastor, ninguém pode tomar essa primazia.

O Vaticano ensina que "São" Pedro (Apóstolo Pedro) é o supremo pastor da igreja, ou seja, um sumo sacerdote, personificando no Papa a continuação da liderança e autoridade suprema sobre a igreja na terra. Que "São" Pedro (Apóstolo Pedro) recebeu o governo da obra de Cristo e o Papa é o legítimo sucessor de Pedro. Assim, está subentendendo que o Papa é também o próprio sumo pastor, ou seja, que o Papa é Cristo, e também a "pedra" sobre a qual a igreja de Jesus é levantada.

O Vaticano ensina também que o Papa cumpre a obra vicária, ou seja, que ele é um Vigário de Jesus Cristo. Vigário significa "aquele que faz as vezes do outro", confirmando assim que o Papa se apresenta como um substituto de Cristo, um sumo sacerdote da igreja. Apóstolo Paulo diz para ser imitador de Cristo, agora, substituto de Cristo é blasfêmia.

A doutrina da Santíssima Trindade que é da igreja católica apostólica romana, dissimuladamente, transforma o Pai o Filho e o Espírito Santo em um ÚNICO PODER e, conseqüentemente, o PAPA É A PRÓPRIA PERSONIFICAÇÃO DA TRINDADE.

Consequentemente, a Basílica de "São" Pedro é, dissimuladamente, também, um Novo Tabernáculo e Novo Templo terrenos, que Cristo derrubou. O sumo sacerdote terreno foi "recriado". Então, Cristo fica anulado.

O texto bíblico para a sustentação da doutrina papal está no Evangelho de Mateus, capítulo 16, versículos 18 e 19: " Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus. "

O texto de sustentação de que Pedro é a pedra sobre a qual a Igreja será levantada e, que recebeu as chaves do reino dos céus é MANIPULADO.

" Se Jesus realmente disse " que Pedro é a pedra, o próprio Senhor Jesus renunciou da posição de ser ELE, JESUS, A ÚNICA PEDRA FUNDAMENTAL sobre a qual a Igreja deveria ser edificada. E, " Se Jesus realmente disse " que Pedro receberia as chaves do reino dos céus, assim, Jesus passou para Pedro a autoridade que é UNICAMENTE DELE, fazendo, conseqüentemente, do Papa, o único mediador e autoridade entre Deus e os homens na terra.

Ou seja: Jesus Cristo transferiu para Pedro toda a intransferível e indisponível autoridade. Blasfêmia! Jesus Cristo, nesse texto destruiu sua própria autoridade dada por Deus Pai e ENTREGOU AO PAPA.

O texto que sustenta o erro está incluso em todas as Bíblias e é, dissimuladamente, contra Cristo e favorável ao Papa sustentando o catolicismo romano.

As Bíblias usadas pelos evangélicos no Brasil estão com essas manipulações, sendo as tradicionalmente conhecidas, Revista e Corrigida e Revista e Atualizada.

Outro detalhe que você observa nessas bíblias são os títulos dos quatro evangelhos: "São" Mateus, "São" Marcos, "São" Lucas e "São" João. A expressão "São" está ligada à idolatria, adoração aos "santos" da igreja católica.

Uma pausa ...
Será que os doutores não perceberam isso? Ou estaríamos diante das circunstâncias das Políticas de Direito Autoral?

Conforme essas Políticas de Direito Autoral, você pega o exemplo da Bíblia Revista e Corrigida quando é feita uma publicação em "parceria". Essas publicações, conforme o "negócio", apresentam muitos erros em expressões e nomes próprios. Isso não foi um mero erro, a Bíblia em parceria não sai "perfeita" senão aquela que é original perde o "mercado".

Conforme o "contrato" para publicar um determinado livro, o "dono original" daquele material pode "impor condições". Estou expondo essas poucas variáveis para que possamos abranger tudo o que é possível para uma Bíblia sair "manipulada".

Por que as Bíblias usadas pela Igreja Evangélica no Brasil são "manipuladas" e, até agora, ninguém contrariou? Duas alternativas: Não identificaram a manipulação ou "silêncio conveniente/conivente para o negócio".

Continuando ...
Por isso disse no início das considerações que aqui não depende de teologia e outras ciências, esses extensos e pesados discursos teológicos que nada convencem ou esclarecem. Eles não identificam "A TRAMA".

Não estamos lidando com algum tipo de engano de entendimento da Palavra, onde mergulham em aspectos dos abismos da ciência teológica para tentar explicar, mantendo o texto no seu lugar. Seria o mesmo que dizer "um tenta enganar o outro", porque o verdadeiro foco da questão não é atingido.

Estamos, SIM, diante de textos adulterados, corrompidos e manipulados para um propósito progressivo.

Estamos diante de um plano, uma conspiração, uma trama, contra a Verdadeira Igreja de Jesus Cristo. Uma vez demonstrada, uma conspiração deixa de ser uma teoria.

Repito: Depende exclusivamente da simples interpretação da Palavra de Deus.

Quando foi desenvolvida questão sobre o *Batismo nas Águas ser em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo ou em nome de Jesus Cristo, O Senhor, essa evidente manipulação também manifestou, pois visa sustentar a doutrina da Santíssima Trindade e a MARCA, o Sinal da Cruz.

O "Sinal da Cruz" se faz estendendo unidos os três dedos da mão direita, polegar, indicador e médio, simbolizando a Santíssima Trindade, e apoiando os outros dois sobre a palma da mão, anular e mínimo, simbolizando as duas naturezas humana e divina de Cristo em uma só pessoa e, quando procedendo o gesto é dito: Em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Releia o texto do Evangelho de Mateus, capítulo 16, do versículo 16 ao 20 e, remova os versículos 18 e 19. É realmente interessante como assim parece que ficou "sem quebra". Mas não é por esse detalhe que vem a identificação da manipulação.

A Igreja é edificada sobre a ÚNICA PEDRA FUNDAMENTAL QUE É CRISTO. SOMENTE JESUS TEM A CHAVE, SOMENTE JESUS ABRE OU FECHA.

Somente o Senhor é cabeça da Igreja. Ele diz o que é e o que não é. Ele diz o que abre e o que fecha. Ele abre e Ele fecha as portas. Mais uma vez, só Jesus é o Senhor!

Já vi e ainda vejo ministérios evangélicos "ligando" tantas coisas e, essas tantas coisas deram ao contrário ... e por aí vai ... para não entrar em detalhes.

Quando a obra é de Deus e Jesus Cristo continua sendo cabeça da Igreja, a Palavra, INICIALMENTE, vem DELE, NASCE DELE, pela vontade DELE, que ninguém se glorie.

SÓ JESUS CRISTO É O SENHOR, outra palavra fora dessa, seja considerada anátema, é outro evangelho, Amém.

Resposta: Sergio Luiz Brandão

· Estudos Bíblicos Evangélicos - Apresentação
· Estudos Bíblicos Evangélicos - Índice
· Livros Online - Estudos Bíblicos Evangélicos
· Mensagens Bíblicas Evangélicas - Relevantes
· Mensagens Bíblicas Evangélicas - Áudio
· Falsas Doutrinas Evangélicas
· Perguntas e Respostas Bíblicas Evangélicas
· Cânticos Livres
· Cânticos Livres - Download MP3
· Deus Pai tem uma Lágrima
· História "BLUES TO THE LORD - CHURCH"
· Jornada pela Liberdade - Igreja nos Lares
· Eu Não Sou Mais Presbítero
· Formulário - Contato
· Receber Informativos
· Formulário - Indicar Site
· Cancelar Recebimento de Informativo
· Política de Privacidade
BLUES TO THE LORD - CHURCH - Brasil - São Paulo - Site Evangélico - 2004 ...
www.blues.lord.nom.br